voltar
img_wadirum5.jpg

Touring Wadi Rum in a hot air balloon is an unforgettable experience.

 

Este é um local fenomenal, intemporal e praticamente intocado pelo homem e pelas suas forças destrutivas. Aqui, foram as condições meteorológicas e o vento que esculpiram estes arranha-céus imponentes, descritos com elegância por T.E. Lawrence como “vastos, ecoantes e como deuses”.


 

 

img_wadirum1.jpg

Um labirinto de escarpas rochosas monolíticas eleva-se do chão do deserto a 1750 metros de altura, criando um desafio natural para os montanhistas a sério. Os caminheiros podem desfrutar da tranquilidade ilimitada dos espaços vazios, explorar os desfiladeiros e buracos de água para descobrir gravuras rupestres com 4000 anos e outros tesouros espectaculares que esta vastidão encerra.

 

img_moonlight.jpg
Também conhecido como ‘"O Vale da Lua", este é o local onde o Príncipe Faisal Bin Hussein e T.E. Lawrence fixaram o seu quartel-general durante a Revolta Árabe contra os Otomanos, na Primeira Guerra Mundial, e as suas proezas estão intrinsecamente ligadas à história desta zona fantástica.

 

 

img_campsite.jpg

A campsite in Wadi Rum.

Há várias opções para explorar Wadi Rum. Os visitantes devem ir ao Centro de Visitantes onde, para além de outras condições destinadas aos visitantes, podem alugar um veículo 4x4 juntamente com motorista/guia e darem um passeio de duas ou três horas em Wadi, para explorarem os locais mais conhecidos. Podem, em alternativa, alugar um camelo e contratar os serviços de um guia. A duração da visita pode ser combinada com antecedência no Centro de Visitantes, como também o pode ser uma estadia ao relento numa tenda beduína, onde podem desfrutar da tradicional refeição preparada na fogueira do acampamento acompanhada por música árabe.

img_burdah.jpg

Burdah Rock Bridge stands 35m high and is considered one of the highest natural arches in the world.

 
Depois de providenciar o transporte, h á várias excursões disponíveis - por exemplo uma viagem até à ponte Burdah Rock, a mais alta de Wadi Rum, passando pelos Sete Pilares da Sabedoria e outros pontos de interesse, é um dia inteiro de carro ou uma viagem de camelo de um dia para o outro. Há muitas rotas alternativas e informações sobre estas excursões no seu operador ou no Centro de Visitantes.

O povo beduíno que habita a zona ainda conserva o seu estilo de vida semi-nómada. São hospitaleiros e dão as boas vindas acolhedoras aos visitantes, frequentemente convidando-os para saborear um café ou até mesmo uma refeição.