voltar

A segunda maior cidade da Jordânia é uma agitada comunidade com uma grande universidade. Apesar de não ser uma cidade importante do ponto de vista dos locais de interesse, Irbid tem dois museus que vale a pena visitar e é uma boa base a partir da qual podemos explorar o norte do Vale Jordão ou iniciar uma viagem até à Síria. 

Para além de Jarash e Amã, também Umm Qais (a actual Gadara) e Pella (conhecida localmente por Tabaqit Fahl) foram cidades da Liga de Decápolis, e cada uma tem o seu próprio encanto.

Umm Qays

img_umm_qays.jpg

Graeco-Roman columns stand amidst the lush green countryside around Umm Qays.

 

Local do conhecido milagre dos porcos de Gadarene, Gadara era conhecida na sua altura por ser um centro cultural. Lá moravam vários poetas clássicos e filósofos, incluindo Teodoro, o fundador da escola retórica em Roma; um poeta apodou a cidade de "nova Atenas". Empoleirada numa esplêndida colina sobranceira ao Vale do Jordão e Lago de Genesaré, Gadara é hoje em dia conhecida como Umm Qais e tem várias ruas com colunatas, terraços abobadados e ruínas de dois teatros. Pode aproveitar as vistas e jantar na esplanada de um belo restaurante com uma vista impressionante para três países.

As águas termais de Al-Himma ficam a 10 km a norte de Umm Qais e eram altamente apreciadas pelos antigos romanos. Há duas instalações: um complexo gerido por privados e um complexo de banhos públicos com horários separados para homens e mulheres.

Pella (Tabaqit Fahl)

img_pella.jpg

Ruins at Pella.

Pella é o local preferido dos arqueólogos e é excepcionalmente rica em antiguidades, algumas extremamente antigas. Para além das ruínas escavadas do período greco-romano, incluindo o Odeon (teatro), Pella oferece aos visitantes a oportunidade de verem as ruínas de uma povoação do Calcolítico do quarto milénio a.C., as ruínas de cidades muralhadas da Idade do Bronze e da Idade do Ferro, igrejas e casas bizantinas, uma residência de inícios do Período Islâmico e uma pequena mesquita medieval.